FredTUB: Julho 2010

Cursos saturados = conhecimento guardado

“Hello my friends”!

     A equipe FredTUB volta essa semana com uma nova missão: “Uma banana para cinco macacos”. Calma, você logo entenderá! Vamos nessa?
     Primeiramente, uma rápida explicação sobre Cursos Saturados. Fique tranquilo, não é nenhuma “bíblia”, ok?

     Cursos Saturados = Conhecimento Guardado!

     Cursos Saturados são aqueles que formam profissionais e o mercado de trabalho já não consegue mais empregá-los com facilidade.




     Existem muitos cursos que estão com as vagas de emprego praticamente preenchidas, mas qual será o principal motivo para que os estudantes ainda escolham estes cursos?

     Com este pensamento a Equipe FredTUB foi até a Uniasselvi - Indaial fazer a pergunta diretamente à quem pode responde-la : OS UNIVERSITÁRIOS.



     Não satisfeitos com apenas esses resultados, fomos às ruas para saber daqueles que estão fazendo ou já completaram a faculdade, se eles foram empregados com facilidade. E entrevistamos também o Sr. Irzo Antonio Beckdorff que nos falou sobre a posição dos professores diante de tal situação.



 É BOM SABER...!

     Você, caro leitor, sabe quais são os cursos mais saturados?

     Afinal, os cursos estão saturados e os estudantes ainda estão buscando por eles, será que não existe nenhuma forma de serem empregados?



     Ai está à questão da vez!


     Para entrar no mercado de trabalho competitivo o acadêmico deve ter um DIFERENCIAL, mostrar comprometimento, um olhar amplo para os problemas enfrentados pela empresa, saber trabalhar em equipe, valorizando todos que o cercam para que estes desempenhem da melhor forma possível suas tarefas. Algo que pode dar vantagem na hora de ser contratado é o networking, ou seja, sua rede de contatos, pessoas que saibam de sua qualificação e capacidade profissional, que quando necessário possam lhe indicar a quem realmente importa, quem contrata.






     O que vale é fazer o que gosta, se na cidade não há empregos na área, vale a pena buscar outros lugares, invista na vida profissional, o mercado de trabalho sempre estará de portas abertas para bons profissionais.

Não vale a pena ser apenas mais um profissional, seja O PROFISSIONAL!”

Indústrias – Vagas de empregos sobrando.

     Começaremos com uma pergunta, digamos, complicada de se responder:
Você gostaria de trabalhar numa Indústria?
     Hoje o ramo industrial é o que mais emprega no Brasil, e sua função é extremamente necessária para o crescimento do país. Mas será que o jovem de hoje quer trabalhar na indústria? Talvez não, sendo esse um dos principais motivos para tantas vagas em aberto.


     Estamos em uma região onde existem muitas empresas, porém, todas estão com um déficit no quadro de funcionários. Para se ter uma visão mais ampla sobre o assunto, visitamos quatro empresas de diferentes ramos:

USITIM - Usinagem


     A Usitim é uma empresa de Timbó, fundada em 2000, que tem como objetivo prestar serviços especiais e oferecer soluções novas em usinagem. A empresa está com dificuldade de encontrar funcionários que se encaixem nos padrões que ela necessita.
     Na empresa passamos por todo o processo pelo qual, um colaborador passa para ser admitido.
     Entre eles: conversa prévia com o RH, encaminhamento ao diretor geral Sr. Ivo Tiegs, que mostrou todo o funcionamento da empresa, desde o lazer até o produto final. Encaminhados para sala de reunião onde realizamos a entrevista com o mesmo.


     O Diferencial da empresa:


     Além de todos os benefícios gerais que a empresa disponibiliza aos funcionários, o diferencial está ligado ao lazer, onde podem utilizar durante os intervalos, antes e após o expediente:
     - Revistas (semanais) e jornais (diários);
     - Computadores com acesso livre e gratuito a internet (MSN e Orkut liberados, uhul);
     - Jogos recreativos (tênis de mesa, sinuca e pebolim onde os mesmo foram campeões das Olimpíadas entre empresas de Timbó).



Site da empresa: USITIM - Usinagem

LULI Malhas - Indústria têxtil


     A LULI malhas está no ramo desde 1985, e começou com uma simples facção, e atualmente possui 4 unidades, empregando mais de 1000 funcionários. A área têxtil é uma das que mais sofre com essa FALTA de funcionários, sabendo disso, FredTUB dirigiu-se até umas das filiais onde realizamos a entrevista com a senhora Ana Bel - Gerente do RH.



Diferencial da empresa:

- Investe continuamente em políticas ambientais.
- Todos os colaboradores se conhecem. A própria diretoria se encontra na área produtiva em grande parte do tempo.
- Indicação é o principal meio de recrutamento,
- Quando algum curso técnico ou de nível superior é de interesse do colaborador, e possa proporcionar implemento na sua área de trabalho, ele poderá ser contemplado com uma bolsa integral.


Site da empresa: LULI Malhas

BUTZKE – Móveis para o lazer

     A Butzke é uma das empresas mais antigas da região, com seus 110 anos no mercado, trazendo aos clientes móveis em madeira com certificação socioambiental.

     A empresa já passou por épocas difíceis, e até hoje enfrenta um déficit na contratação de funcionários.
     Marcamos uma entrevista com a Senhora Marlize Butzke Lenzi, que nos acolheu gentilmente e nos mostrou todo o funcionamento de uma indústria como a Butzke, desde o corte da madeira até a embalagem dos móveis e o despache.


Diferencial da empresa:

     A empresa oferece vários benefícios, entre eles, alguns que nos chamou a atenção:

- Transporte (por lei o funcionário pode pagar até 6 % do seu salário para o transporte, a Butzke cobra apenas 3%);
- Alimentação (a nossa equipe ficou surpresa com a qualidade da refeição oferecida aos colaboradores);
- Lazer (tênis de mesa, sinuca)
- Projetos Ambientais, (A empresa possui um projeto chamado PEQUENAS ATITUDES, GRANDES EFEITOS, onde os funcionários trazem de suas residências óleo vegetal, lâmpadas e pilhas, incentivando-os a preservação do Meio Ambiente).


Site da empresa: Butzke

GESSNER - Frigorífico

     O Gessner é uma empresa alimentícia muito antiga da região e vem trazendo qualidade e proporcionando confiança aos seus clientes.

     Fizemos uma entrevista com o Sr. Bráz Reis e Silva - Gerente do RH, que nos explicou um pouco sobre esse déficit de funcionários que a empresa possui. Mesmo o salário sendo compatível com a função (R$ 650,00 + R$ 129,00 de insalubridade), por ser uma profissão perigosa, e a cada dia que se passa ser mais difícil achar profissionais que queiram trabalhar em um ambiente frio e úmido, a empresa não consegue suprir seu quadro de pessoal. 



Diferencial da empresa:

     O principal diferencial da empresa é, que como não estavam encontrando colaboradores na região, a empresa passou a buscar em outras localidades do país, disponibilizando emprego a quem antes não tinha.

     O nome da empresa está diretamente ligado aos seus valores:
Gerenciamento Eficaz
Ética
Satisfação plena do cliente
Segurança no trabalho
Nível de excelência nos produtos
Evoluções constantes
Responsabilidade social


Site da empresa: Gessner


ENQUETE

     Que está sobrando vagas nas indústrias já sabemos, mas será que todos sabem disso? E se soubessem será que iriam optar pela indústria?

     A equipe FredTUB esteve em uma das principais ruas de Indaial e fez a seguinte pergunta: Trabalhar onde? Indústria x Escritório
90,3% Escritório
 9,7% Indústria


     Assustador? Essa é a realidade que vivemos. Escritórios saturados e indústrias pedindo para contratar.

E agora...?


     Caros leitores, depois de visto diferentes empresas cada qual em seu ramo, é fácil concluir que essa dificuldade de colaboradores é prejudicial ao país. As pessoas consomem cada vez mais,devido à uma melhora significativa da renda do brasileiro e a indústria não suporta esse aumento da demanda.

     Mas surge a pergunta: Por que sobram vagas de emprego? Falta de qualificação? Errado. As indústrias contratam funcionários sem qualificação, porque a falta de colaboradores é visível, estando dispostas a proporcionar ao mesmo a qualificação que a área onde ele irá atuar necessite, com o custo quitado pela indústria. Até existe indústrias que exigem qualificação, mas garantimos, são poucas. Essa exigência na “senhora qualificação” varia de região para região. Até então, nenhum dos membros da equipe pensava em se especializar em alguma área voltada a indústria, porém após todas as pesquisas sobre essa área e tudo que as empresas fazem para estimular ainda mais a busca de trabalho na indústria nos fez pensar em futuras possibilidades.

E você, amigo leitor. Qual caminho seguirá?



“A indústria precisa de pessoas que QUEIRAM trabalhar”

(Ivo Tiegs)

A diversidade de cursos e instituições de ensino

     O tema da semana nos leva à uma certa reflexão:
     “O que fazer? Onde fazer? Curso Técnico ou Superior? Faculdade Particular ou Pública?”

     As dúvidas são muitas, porém, tentaremos ajudá-los, meus caros leitores.
     Para se ter uma carreira de sucesso, como já dito anteriormente em nossas postagens é crucial a QUALIFICAÇÃO, para isso existem diversas formas de se conseguir essa tal qualificação, falamos dos principais o Curso Superior e o Curso Técnico, vai de você optar por um ou outro dependendo da área que quer atuar, para verificar sua disponibilidade.
     A área que quero atuar? Como posso saber qual área que quero atuar se não tenho experiência em nada? Uma boa opção para responder essas questões são os Testes Vocacionais, onde ao responder um questionário você consegue identificar qual o campo profissional que tem mais a ver com você.
     Lembrando que ele apenas indica o campo, vai de você se esforçar para que essa talvez seja sua profissão.
     Que tal tentar?
    


     Mesmo sabendo a àrea aconselhável para cada um, ainda existe uma imensidade de cursos especificos, para isso disponibilizamos um site com a lista de todos os cursos superiores no Brasil.


     Depois de escolher qual o curso que você quer fazer, chegou a hora de descobrir onde fazer.

     São tantas opções que podemos ficar confusos na hora da escolha, saiba que a Universidade de São Paulo (USP) ocupa o 94º lugar no ranking das melhores universidades do mundo e a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) está entre as 10 melhores universidades da America Latina.
     As universidades citadas acima são todas de âmbito federal, coincidência? Não, hoje as principais do país são federais, no entanto, elas não estão disponíveis a todos, apenas 27% dos universitários estão em universidades públicas, sendo que o restante está em instituições Particulares com o custo médio de R$ 367.00 ao mês.
     As aulas nessas instituições podem ser:


  • Presenciais: realizado nas salas de aula tradicionais, diariamente.
  • Semipresencial: com aulas semanais ou quinzenais
  • À distância: onde o aluno estuda por meio de materiais fornecidos como: apostilas, vídeos...
    Como de praxe, a equipe FredTUB, entrevistou o Sr. Aquiles Duarte de Souza, Diretor da Uniasselvi – Indaial a respeito da diversidade dos cursos:



“Não é a faculdade que forma o aluno e sim seus próprios méritos”




FredTUB - INOVANDO!

Qual a importância de um curso superior?

      Como já mencionado em nossa última postagem, sabemos que:
     “O curso técnico é para a entrada imediata no mercado de trabalho, já o superior é para aquele que já está em uma empresa e almeja um cargo e salários melhores que os atuais”.

     Assim fica fácil perceber a importância do Curso Superior como requisito básico para o crescimento dentro de uma empresa.


     O Curso Superior ou Ensino Terciário é aquele ministrado em uma universidade, faculdade, centros de ensino superior, entre outras, no nível de graduação e pós-graduação, em instituições publicas (mantidas pelo governo federal, estadual e municipal) e privadas ( com fins ou não lucrativos).
     As aulas de um curso superior podem ser presenciais, semi-presenciais ou a distância.
     As instituições privadas cobram determinada mensalidade para custeio de professores, materiais e laboratórios. Mas será que, aquele que não possui condição de pagar uma faculdade, nem tem acesso a uma instituição publica pode fazer um Curso Superior?


    Para obtermos mais informações a respeito do assunto, fomos à uma unidade do Grupo Uniasselvi, onde entrevistamos o Sr. Aldo Jr. Pasqualini, Coordenador de marketing da Uniasselvi de Indaial.





     Hoje o mercado de trabalho está muito concorrido e aquele que se destaca e busca renovação e inovação é remunerado por alto grau de importância. E essa visão de renovação é que lhe é dada no Curso Superior, basta você absorver o que é repassado e colocar em prática a teoria.

“A faculdade não prepara apenas para o mercado de trabalho, prepara para a VIDA.”